Uma delícia de cãozinho recolhido na rua, maltratado e esfomeado = Viveu connosco entre 3/2002 e 09/2010 ===================== Este blog vai continuar, em homenagem ao Monty (agora c/muita saudade) e aos abençoados vindouros.

30
Mar 11

 

Não compreende o cão abandonado

porque razão ninguém lhe dá abrigo

porque ser cão é isto: é ser amigo,

e então? por que razão é desprezado?

 

O olhar do cão sem dono é qual mendigo

não que ele peça algo, é esperançado

em demonstrar-nos ser habilitado

a ser útil: livrar-nos do castigo

 

de viver só, sem ter a companhia

de um amigo de toda ocasião

que além de companhia, é protecção;

 

quer seja à noite, ou seja o tempo inteiro

a distinção de um cão é ser fiel

e um cão bem desempenha este papel.

----------------------------

Diógenes Pereira de Araújo

diogenes@poemanet.com

publicado por LauraBM às 21:43

10
Mar 10

cao_levantar.gifMeu cão Piloto se desfez em pranto
Ao notar movimentos de partida.
Orelhas murchas, cauda bem caída,
Querendo me dizer do seu espanto...

Com mil afagos, disse-lhe, no entanto,
Que o amava e que quem ama não olvida.
- “Eu voltarei, verás, para, em seguida,
Rolarmos juntos no gramado”, adianto.

Demorei-me a voltar, e o telefone
Me deu notícias de um cachorro insone,
Triste, olhos baços, trémulo, friorento.

Voltei, e o cão, que já não mais se erguia,
Levantou-se, tomado de alegria,
Pois fez do meu carinho o seu sustento.
---------------
Solange Rech

publicado por LauraBM às 00:03

10
Mar 08

cachorros_mochila.jpg''Do chão pró colinho...
Do colinho pró sofá...
Do sofá pra mochila...
Eis que me pego
fazendo loucura
com meus bichinhos.
Mas eles são mesmo
tão bonitinhos!

Ao entrar em casa
me recebem rosnando...
Reclamam carinho
e abanam o rabinho
fazendo festinhas...
E lambem minhas mãos
e até os meus pés.
Ai, meu Deus!
Como são graciosos e alegres
estes dóceis e meigos cãezinhos!''
-----------------------------------
*Emiele*
Ipatinga, 25/06/2006 - 19:30 horas

publicado por LauraBM às 23:13

05
Mar 07

caodalmata_chorar.gif Encontrei um cachorro tão enfezado,
Olhando à sua volta interrogava,
A razão por que fora abandonado,
Por quem uns dias antes o amava?

Tinha o rabo metido entre as pernas,
E tentava passar despercebido,
Não sei se recordava frases ternas,
De quem havia as mãos tanto lambido!

Docemente falei àquele cão,
Sem saber a razão porque o fazia,
E tentava passar a minha mão,
Por aquele corpinho que tremia!

Também os animais, como os humanos,
Agradecem um pouco de calor,
Mas às vezes tropeçam em tiranos,
Que transformam a vida num horror!

Confesso que jamais conseguirei,
Entender quem despreza assim um cão,
Porque aquele cachorro que salvei,
Lamberá para sempre a minha mão!
----------------------
16/12/2001
Fernando dos Santos

publicado por LauraBM às 00:20

15
Fev 07

Poesia criada em homenagem a estes cães,

sem raça, sem dono, sem casta.
Lyra_viralata.jpg
Eu não tenho nenhuma raça Chamam-me de vira-lata
Eu não sirvo nem pra caça Durmo na rua ou na praça

Com frio ou chuva perambulo pelas ruas
Sou chutado pelos bêbados e outros cidadãos
Muitos vezes saio correndo com medo da perua
Posso ser sacrificado ou talvez virar sabão

O que muitos não sabem é de onde eu provim
Meus ancestrais originaram do primeiro lobo na terra
Muitos me acham feio outros bonitinho
Quando uma casa me adopta pode crer que nunca erra

Durante a noite pela cidade contemplo a hipocrisia
Se deito para dormir me chutam e me xingam
Nas minhas andanças constantes vejo festas de alegria
Lá comendo e bebendo eu aqui morrendo a mingua

Muitos dizem que coisa triste é vida de cão
Esta é uma verdade que não pode contestar
Só que tem cão que viaja até de avião
Mas com o pobre vira lata a coisa é outra questão

Excepto alguns vira lixos
Que por alguém é adoptado
São tão respeitados que não tratam como bicho
E até por nome de gente o danado é chamado

O que vocês não sabem posso ser de estimação
Quero estar sempre ao seu lado sua casa vigiar
Não peço muita coisa a não ser arroz e feijão
E uns parcos ossos pra minha fome matarem

Se adoptares um tomba-lixo como também sou conhecido
Você vai ter muito carinho e também distracção
Pois um cão quando é amado fica enlouquecido
Com a presença do cachorro criança teve recuperação

Um vira lata é inteligente amoroso e leal
Nunca deixa de ser amigo mesmo com depressão
Os cães deveriam ser tratados de maneira igual
Sejam de raças ou vira-latas o que querem é atenção

Dizem que somos mais agressivos do que os de pura raça
Isto não é verdade os que outros têm é instrução
Uns vão puxar trenó outros destros na caça
Alguns para o pastoreio outros perseguem o ladrão

O homem é culpado das nossas poucas agressões
Que na fase de formação nos negaram pão
No desenvolvimento da personalidade não nos deram atenção
Carregamos em nosso corpo a sequela da humilhação

Encerrando este lamento quero fazer uma apelação
Quando vir um vira lata sem lar sem comida e desprezado
Deixem nos perambular sem nos fazer mal criação
Mas se tiveres bom coração faça de nós seu adoptado

Ainda em tempo quero te lembrar
Quando quiser nos encontrar
Estaremos em toda parte até no cemitério nos verá
Onde estiver um vira lata qualquer um te informará
------------------------
03/30/06
Valeriano Luiz da Silva
Anápolis-Go

publicado por LauraBM às 01:16

05
Mar 06

cao_passeardona.gifComo é bom ter você ao meu lado
Um anjo neste mundo material
A minha vida tem sempre guardado
Bom companheiro, amigo sem igual

Silencia quando nervoso reclamo
Contente aos meus pés se põe a cheio
Em guarda atento quando eu o chamo
Saltita quando da hora do passeio

Meigo gentil, sempre a minha espera
Feliz ao meu encontro quando anoitece
Por seu alimento e água ele agradece
Com as brincadeiras nunca se altera

Cansado mas alerta faz sua guarida
Fiel companheiro, peludo sedoso
Cãozinho querido, amigo amoroso
Parabéns por mais um ano de vida
--------------------
21/01/2003
Renate Emanuele

publicado por LauraBM às 16:02

05
Mar 05

cao-malhado.jpgNão passe tão indiferente
só porque eu não sou gente,
só porque não sei falar.
Também sou um ser vivente
sinto as dores que você sente,
mas não posso me expressar.

Sou um bicho abandonado,
pela vida maltratado,
quase sempre escorraçado,
até mesmo apedrejado!
Vivo sedento e faminto,
ninguém quer saber o que sinto!

Se fico doente e triste
vejo logo um dedo em riste
E vem a sentença fatal:
- Melhor matar este animal!
- Ele deve estar raivoso!

Para sua comodidade
vive dizendo inverdade
fazendo muita maldade
seu mentiroso
mesmo que esteja raivoso
já foi descoberta a vacina.

Mas para a sua raiva humana
ainda não existe remédio,
nenhuma medicação
com toda sua evolução,
na história da medicina!

Você mata o próprio irmão
faz guerras, assalta,
mata com ou sem razão,
as vezes por ambição
É bem pior que eu!
que chamam de vira-lata!!

Olhe bem pro meu semblante!
- Estou triste, apavorado!
pois, a qualquer instante
posso ser sacrificado!
Mas você não se importa
nem com o seu semblante!

Você sim, está doente, egoísta, indiferente.
Mas se algo ruim lhe acontece
logo lembra que há Deus,
chora, reza e faz prece...
Mas Deus só ajuda
aquele que de todos se compadece.

Lembre-se do que escreveu São Francisco de Assis:
QUEM MALTRATA UM ANIMAL JAMAIS PODERÁ SER FELIZ!
---------------------------------
artigo recebido via Internet, s/autoria

publicado por LauraBM às 01:06

«MONTY» O dono do blog

Seja feliz, meu amor, lá onde quer que você esteja!

Fique em paz com a minha saudade!

FRASES PARA PENSAR:

'Haverá sempre, em algum lugar, um cão abandonado, que me impedirá de ser feliz...'
Jean Anouilh

Lide com cada situação estressante como um cachorro:
Se não é para comer ou brincar…

faça um xixi nela e vá andando!

============

Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


*Antiguidades óptimas
*Algo mais sobre mim
*Meter o nariz no blog
 
blogs SAPO